O trágico em tudo isto é que, 2 000 anos depois, continuamos sem conhecer Jesus histórico e sem conhecer-praticar o seu Projecto político maiêutico!
Daí a grande, oportuna e perturbadora Pergunta que faz o título do meu Livro, A BÍblia OU jesus?
O pior é que tendes-vos por santos e exemplo para os demais, e não vedes que a geena da ideologia-teologia do cristianismo com que viveis possessos continua a fazer de vós uns escroques.
É bom termos presente que quem diz espiritualidade, diz espírito.Porque a dor e o sofrimento são sempre males a combater.Assim reza o Documento 6, Volume I, referente à sexta aparição, O documento é atribuído ao pároco de Fátima da altura, mas a verdade é que desses primeiros 6 documentos da Documentação Crítica de Fátima (DCF um por cada aparição, de maio a outubro, nunca.Os púlpitos cederam o lugar aos grandes media e às redes sociais.Não é quem nasceu em uma família rica ou tem muito dinheiro.Quando a realidade é exactamente o inverso: o papa Francisco é o perseguidor-mor dos seres humanos que o são de dentro para fora e, como Jesus Nazaré, o ser humano pleno e integral, prosseguem, em cada tempo e lugar, as suas mesmas práticas políticas maiêuticas.


procura homem cochabamba />

Acho que fazem mal.Fazemos novas e boas todas coisas, não novos instrumentos de tortura.É manifesto que o líder da Coreia do Norte, hoje uma pequena potência nuclear, está prestes a engolir o líder da Coreia do Sul e assim unificar as duas Coreias.Leia mais Hits:12729 Empresario Estrangeiro, sou de estados unidos, 1,75 de altura, corpo em forma bonito com formação superior, inteligente, romantico carinhoso, determinado, busco uma mulher idade entre 20 a 40 anos.Leia mais Hits:2934 Baladas, viagens, esportes radicais, teatro, cinema, festivais.Contudo, o título sugerido pelo Bispo fica gravado a fogo na minha mente-consciência de presbítero-menino, então com 33 anos de idade e 8 de presbítero praticante.



Esta é uma via porta estreita, invulgarmente simples, por isso, invulgarmente difícil, como tudo o que é simples.
Pelo que, a partir de agora só fica a faltar que o próximo papa santo seja o próprio Francisco, o jesuíta argentino que não se atreve a visitar o seu país natal.
E os conventos, ordens religiosas e congregações-institutos missionários masculinos e femininos, nunca tiveram falta de membros.

[L_RANDNUM-10-999]